11 de julho de 2012 às 16h31min - Por Mário Flávio

Deputado acredita que direito da oposição é bom e que vai garantir que o PMDB continue coligado

Não dá pra dizer ao certo se é o deputado estadual Tony Gel que está provocando o deputado federal Wolney Queiroz (PDT), ou se são Tony e a frente de oposição em peso que estão se sentindo cutucados pela insistência da Frente Popular em querer manter o PMDB na base do governo. No entanto, mais cedo nesta quarta (11), Tony foi bastante crítico e disse que as atitudes de Wolney representariam prepotência e arrogância por parte da Frente Popular. Ele reiterou que a oposição tem argumentos sustentáveis para manter o PMDB apoiando Miriam Lacerda, sob a presidência de Severino Soares, o Bibiu, mesmo que os governistas aleguem que o processo envolvendo o partido deva ser julgado em colegiado ainda.

Wolney Queiroz: “A presidência pode ficar com quem quer que seja, mas o PMDB celebrou a coligação com a Frente Popular”

“Eu acho que o deputado continua comendo grandeza e arrotando prepotência, ele tem falado muitas bobagens. A última bobagem, antes de ele falar essa nova, foi dizer que o PMDB só ficaria 48 horas conosco, e depois voltaria para eles. Já faz 8 dias, e o PMDB voltou para quem deveria ser e continuará sendo o presidente do partido. E o PMDB continuará com o nosso conjunto político. Os insatisfeitos, que estão apenas tentando tumultuar o processo, entraram com dois mandados de segurança, solicitando que a decisão do agravo regimental vá para um colegiado. Não há nenhum problema nisso, de quem tem um bom direito ser julgado por um colegiado. Então, deve ser julgado e entendemos que o nosso direito vai prevalecer. O resto é conversa fiada de gente que acha que resolve as coisas à força. Estamos seguros e tranquilos”, assegurou o deputado.

Tony também frisou que nas conversas com o presidente de honra do PMDB, Dorany Sampaio, a ideia estabelecida é manter o partido apoiando Miriam, o que também refletiria o posicionamento do senador Jarbas Vasconcelos. “Dorany já deu declarações sobre esse assunto e não há nenhuma dúvida. O senador Jarbas também. A executiva regional optou pelo caminho da coerência há bastante tempo, vendo qual é o lugar certo para o PMDB, o partido está na coligação que apoia Miriam Lacerda”, salientou.

 


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro