11 de julho de 2012 às 19h49min - Por Mário Flávio

Deu no blog da Folha

Baseado num dos artigos do estatuto da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), onde diz que “a advocacia é incompatível, mesmo em causa própria, com as seguintes atividades: ocupantes de cargos ou funções de direção em Órgãos da Administração Pública direta ou indireta, em suas fundações e em suas empresas controladas ou concessionárias de serviço público”, o jurídico da coligação de oposição em Caruaru irá entrar com uma representação contra a secretária de Assuntos Jurídicos da PCR, Virgínia Pimentel, que tem atuado na coordenação da campanha do prefeito José Queiroz (PDT).

Segundo Marcelo Rodrigues, advogado do grupo da prefeiturável Miriam Lacerda (DEM), Virgínia atuou como advogada de Queiroz na última campanha e foi novamente designada para tal função, o que ele considera uma prática incompatível pelo fato de a mesma atuar como secretária de João da Costa. Em conversa com o Blog da Folha, por telefone, o deputado federal Wolney Queiroz, confirmou que os advogados Bruno Martins e Virgínia Pimentel estão trabalhando na coordenação jurídica, em Caruaru e Recife, respectivamente. Ex-secretário de Meio Ambiente do Recife, Marcelo Rodrigues se diz indignado com a postura de Virgínia Pimentel e lembra que durante o tempo em que esteve à frente da pasta na prefeitura ficou longe da advocacia. “É incompatível e ela sabe disso. Na qualidade de advogado irei entrar com uma representação na OAB, pois está configurada a quebra de ética”, disse Rodrigues, ressaltando que ao estar em um cargo público não poderia advogar.

Para o presidente da OAB em Pernambuco, Henrique Mariano, a informação que chegou à entidade sobre a situação de Virgínia Pimentel ainda é “unilateral”, mas ao receber a representação por parte da coligação de oposição poderá abir um processo contra a secretária. Ele lembra que será aberto um processo ético disciplinar onde serão respeitados todos os trâmites: intimação e defesa prévia. A condenação para esses tipos de casos vai desde uma advertência a uma suspensão. “Quero adiantar que até o exato momento, a situação de Virgínia perante a OAB está 100% regular”, avisou Mariano.

Procurada pelo Blog, a secretária da PCR negou estar na coordenação de campanha de Queiroz. “Deve estar havendo um mal entendido nisso. Quem está à frente disso é o advogado Antônio Campos. Não estou atuando na campanha. Apenas na eleição de 2008 eu fui advogada de José Queiroz”, disse Pimentel, que está na pasta desde março após suceder Cláudio Ferreira.

20120711-194855.jpg


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro