26 de agosto de 2013 às 18h25min - Por Mário Flávio

RAQUELALEPE

Depois de comentar com o blog o processo burocrático que trava melhorias na UPE em Caruaru, a deputada estadual Raquel Lyra (PSB) pronunciou-se nesta segunda-feira (26), na tribuna da Assembleia Legislativa de Pernambuco, e voltou a questionar a redução de 50% das vagas no Campus de Caruaru – para os cursos de Administração com Ênfase em Marketing e de Sistemas de Informação. Ela ressaltou os fortes investimentos feitos recentemente pelos governos federal e estadual em educação na região, inclusive com a criação de escolas técnicas, mas destacou a necessidade de fortalecer ainda mais a interiorização do ensino, sobretudo de nível superior, para manter os jovens na sua própria terra.

No contexto

Burocracia na desapropriação do terreno foi decisiva para redução de vagas na UPE de Caruaru, diz Raquel Lyra

Segundo coordenador regional da UPE, redução de vagas em Caruaru é temporária, mas necessária

A deputada estadual relatou já ter mantido contato com o secretário estadual de Ciência e Tecnologia, Marcelino Granja, e com o reitor da UPE, Carlos Calado, para cobrar esclarecimentos, lembrando que aqueles cursos são de grande importância não apenas para os jovens de Caruaru, mas de todo o Agreste. Segundo ela, os dirigentes garantiram tratar-se de uma medida temporária, que será solucionada em breve. Raquel Lyra informou que no final de semana passado visitou – ao lado do vice-governador João Lyra Neto – o terreno adquirido pela UPE em Caruaru para a construção do novo campus, cuja obra ainda não teve início por conta de entraves burocráticos na desapropriação.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro