12 de fevereiro de 2016 às 20h24min - Por Mário Flávio

RAQUELALEPE

A deputada estadual Raquel Lyra começou a construir o esboço da candidatura a prefeita de Caruaru e para isso ela já tem o aval do PSB. O gesto foi feito pelo próprio governador Paulo Câmara, que hoje é a principal liderança do partido em Pernambuco. O encontro de ambos ocorreu antes do carnaval, mais precisamente na sexta-feira,que antecedeu a folia de momo.

O governador socialista disse que Raquel poderia começar as articulações com os partidos da Frente Popular e que o anúncio oficial do PSB será feito em breve, mas que tudo já está acertado entre a cúpula do partido e a pré-candidata a prefeita, que vem pontuando bem nas pesquisas de intenção de voto, divulgadas até o momento na Capital do Agreste.

Raquel chegou a citar ao governador a intenção do prefeito José Queiroz em ter uma reunião com ele até o fim do mês, para tentar viabilizar a candidatura de Jorge Gomes e com isso, minar o nome dela como candidata do PSB. Câmara informou que aguarda tal reunião, mas que vai apenas ratificar a Queiroz o apoio do PSB ao nome de Raquel.

As respostas com ênfase dadas por Raquel na entrevista Mesa Redonda nessa sexta-feira (12/02) só ratificaram que ele já tem o aval do PSB e mesmo sem admitir ainda publicamente que recebeu o apoio, a confiança das respostas deixou isso evidente. O ex-governador João Lyra também comentou no fim da entrevista e garantiu que a filha reúne totais condições de governar Caruaru.

Raquel passou o dia todo em reuniões e a fonte que passou as informações da reunião dela com o governador Paulo Câmara, garantiu que a eleição 2016 esteve na pauta.A socialista prepara um novo encontro para debater os assunos da cidade e em breve deve anunciar a data do evento.

A confirmação do PSB com o apoio a Raquel vai obrigar o prefeito José Queiroz a tomar uma decisão sobre o nome que ele vai apoiar na eleição desse ano. Alem disso, mexe também com o deputado estadual Tony Gel, que apesar de liderar as pesquisas, sabe do potencial de Lyra, principalmente num eventual Segundo Turno da eleição desse ano.

APOIO – A grande presença de lideranças, cabos eleitorais e vereadores no estúdio da Rádio Cultura hoje mostra que Raquel vai ser mesmo candidata. Políticos de várias tendências foram fazer o famoso beija mão no estúdio da emissora, para mostrar que estão apoiando a empreitada da herdeira da família Lyra.

NOMES – Sem o vice-prefeito Jorges Gomes, que não deve deixar o PSB, o prefeito José Queiroz vai partir para o plano B da eleição desse ano. O apoio seria a uma candidatura do senador Douglas Cintra (PTB). Resta saber se o senador estaria disposto a entrar na disputa, já que estaria muito satisfeito em Brasília.

SURPRESA – Sem fazer alarde o senador Douglas Cintra já tem cinco partidos junto a ele para uma possível chapa na eleição desse ano. Estariam com ele PTB, PROS, PTN, PSC e o principal deles, o PT. Essa coligação daria um bom tempo de guia. A articuladores próximos o senador diz que o nome para disputar a prefeitura não seria o dele, mas um nome novo e que poderia ser uma surpresa. O PDT, do prefeito José Queiroz, pode reforçar o coro.

RETORNA – O governador Paulo Câmara retorna amanhã de uma semana que tirou para descansar. Ele chega com alguns pepinos no colo para resolver, entre eles as crises na saúde e segurança pública. Além disso, o governador tem uma nova realidade, que é a migração em massa de alunos da rede privada para a estadual. Mais de 15 mil alunos estão indo estudar nas escolas do Estado.

CAMPANHA – O último ato de Raul Henry como governador em exercício no blog vai ser receber a ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello. Os dois participam, neste sábado (13/2), em Recife, do Dia Nacional de Mobilização Zika Zero. A expectativa é que ações sejam lançadas para conter o avanço das doenças provocadas pelo Aedes em Pernambuco.

PSC NA BASE – Mesmo viajando o governador Paulo Câmara viu a oposição encolher ainda mais em Pernambuco. O deputado estadual André Ferreira anunciou, nesta sexta-feira, que se filiará ao PSC, partido que presidirá em Pernambuco. Depois de 13 anos no PMDB, o parlamentar disse que chegou o momento de ter autonomia política e poder tomar decisões, num partido que tem peso político nacionalmente. Na coletiva ele avisou logo que não era candidato a prefeito do Recife e que o PSC sai da oposição e vai para o governo.

DEBATE NA GLOBO FM – O Panorama Entrevista desse sábado vai ter um debate sobre o pós-carnaval e como ficam as articulações daqui pra frente. A partir de 12h eu recebo no estúdio os professores e analistas políticos Arnaldo Dantas e Mário Benning. Os dois vão passar a limpo todas as possibilidades da eleição desse ano e como os candidatos vão ter que se virar com as regras da minirreforma eleitoral. Você ouve a partir de 12h na Globo FM 89,9, no Tune In ou pelo www.globofm89.com.br.

arnaldo e mário


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro