30 de junho de 2012 às 19h45min - Por Mário Flávio

Enquanto os membros da comissão provisória do PMDB em Caruaru, comandados por Severino Soares, o Bibiu, reafirmam que realizaram convenção na manhã deste sábado (30) no Shopping Difusora; os correligionários que lutam para que o partido fique na base do governo dizem que houve apenas a convenção anunciada por Reginaldo França, que de última hora conseguiu uma liminar para restabelecer o Diretório Municipal do partido. Um deles é o procurador geral de Caruaru, Osório Chalegre, militante histórico do PMDB, que afirma que ninguém da comissão estava presente no shopping pela manhã, ao contrário do que afirmou o advogado da frente de oposição, Marcelo Cumaru.

No contexto

Até terça-feira, situação do PMDB em Caruaru pode ter nova definição 

“O fato é que o desembargador deu uma liminar restabelecendo o diretório, em lugar da Comissão Provisória, e que desde as 07h 45 min  estávamos no shopping, com uma oficial de justiça do TRE, para notificar o presidente do PMDB, Bibiu, que só chegou no shopping às 10h, neste interim, a própria oficial acompanhou o auditório e o shopping e não chegou ninguém do PMDB, para a convenção que eles dizem que houve às 8h. Isso é uma mentira, tanto que a própria oficial de justiça atestou na abertura da ata. Isso quem diz não sou eu, é uma oficial de justiça, com fé de ofício”, explicou Osório.

Além disso, o procurador também argumentou que a explicação dada por Cumaru, de que a liminar deveria ser analisada pelo desembargador que acompanhou o caso, não é plausível. “Quanto à liminar ser dada por um desembargador plantonista, isso nao tem nada a ver. É como um remédio dado por um médico plantonista, tem menos efeito que um remedio receitado no ambulatório?”, questionou.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro