4 de julho de 2012 às 06h29min - Por Mário Flávio

Na sessão da Câmara Municipal de Caruaru dessa terça-feira (04), os vereadores democratas Louro do Juá e Val fizeram questão de reforçar em seus discursos que a decisão do vice-governador João Lyra (PDT) em não subir no palanque do prefeito Zé Queiroz (PDT) nas eleições 2012 serviu de munição a mais para a base de oposição em Caruaru. De acordo com os parlamentares, a fragilidade da relação entre os dois pedetistas mostraria que a oposição teria razão em suas críticas à gestão municipal.

No contexto

João Lyra: “Carta aberta ao prefeito Zé Queiroz e ao povo de Caruaru”

“O vice-governador, em boa hora o maior cabo eleitoral de Zé Queiroz, esteve ausente da convenção. Ele fez considerações muito importantes e mostrou que a oposição estava certa”, salientou Louro do Juá. O outro Democrata na Câmara, Val, não deixou passar a defesa que o presidente da Câmara, Lícius Cavalcanti (PCdoB), fez do vice-governador. “Eu elogio as palavras do presidente Lícius em defesa de João Lyra, pois o que ele falou é verdade, tendo em vista que há muitas deficiências nesta administração e o vice-governador, que é da mesma base do prefeito, sabe disso, mas há o costume em nossa política de que, quando alguém faz uma crítica, é chamado de burro”, declarou Val, fazendo referência às críticas feitas por Leonardo Chaves (PSD) a João Lyra.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro