19 de maio de 2012 às 16h30min - Por Mário Flávio

Nasci em Recife, mas mudei pra Caruaru aos sete anos de idade e vivi aqui até os 18. Voltei à Capital Pernambucana para fazer faculdade e continuei por lá trabalhando… quando recebi o convite para trabalhar em Caruaru e voltar a morar por aqui, confesso que não via com bons olhos a cidade… Tava acostumada à agitação da cidade grande e todo àquele mundo… Mesmo assim topei o desafio e voltei pra o interior.

Hoje, três anos depois, meu pensamento com relação a Caruaru é totalmente diferente… amo Recife, meus familiares e boa parte dos amigos estão por lá, mas perguntem se quero sair daqui!? Incrivelmente a resposta é um sonoro não… e eu explico o porque: Caruaru tá crescendo! A Capital do Agreste não é mais a mesma de quando cheguei aqui e nem a de quando saí.  A cidade cresce a passos largos e jornalisticamente tem evoluído um bocado. Prova disso são os prêmios recebidos, a qualidade nas matérias e a profissionalização da carreira em si. Poderia sair nomeando aqui os jornalistas e suas matérias, mas seria injusto se eu esquecesse de alguém.

Resolvi fugir um pouco dos temas abordados aqui na coluna porque ontem, o País de Caruaru completou 155 anos de história. E eu posso dizer que tenho orgulho de fazer parte dela. Não sou filha da terra, mas fui adotada por ela e sou muito bem tratada.

Parabéns, Caruaru! Parabéns por mostrar, a cada dia, a força do interior através dos jornalistas que aqui nasceram ou que aqui acolhestes. “Se estou no norte se estou no sul… nunca me esqueço de Caruaru”.

*Conceição Ricarte é jornalista, com pós graduação em Assessoria de Imprensa, Chefe de Redação da Rádio Cultura do Nordeste, analista de social media e apaixonada por internet e tecnologia.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro