5 de junho de 2013 às 08h25min - Por Mário Flávio

O vereador disse que foi desrespeitado pelos professores da rede municipal. A foto é de Antônio Valdevino

O vereador disse que foi desrespeitado pelos professores da rede municipal. A foto é de Antônio Valdevino

A crise entre os professores e o Poder Legislativo aumenta a cada ato envolvendo a atualização do PCCDR. Após a leitura de uma nota da Atec com críticas aos edis, pelo presidente da Casa, Leonardo Chaves (PSD), o vereador Zé Ailton (PDT), disparou da Tribuna da Câmara. “O prefeito pode mandar qualquer tipo de projeto para essa Casa sobre a educação que voto a favor, mas se for sobre esse PCC votarei contra. Vou dar aos professores o mesmo tratamento que eles me deram, não aceito em nenhuma hipótese ser desrespeitado e tenho posição para dizer isso de público”, disparou.

O pedetista ficou conhecido por sempre dar declarações polêmicas e proferir frases de efeito. No entanto, ganhou respeito de adversários como o ex-deputado Tony Gel (DEM), com quem duelou nos dois primeiros anos da gestão passada. “Não tenho medo de me posicionar e nesse caso dos professores eu não aceito a falta de respeito deles com os vereadores desta Casa”, pontuou.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro