29 de dezembro de 2011 às 18h40min - Por Mário Flávio

Secretários, empresários e vereadores da base de governo estiveram presentes nesta quinta-feira (29), durante a assinatura da ordem de serviço que liberou R$ 15 milhões para realização de macrodenagem nos canais do Salgado e Mocós, com prazo de conclusão em 12 meses. O Ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho (PSB) e o prefeito José Queiroz (PDT) assinaram o documento, trocaram elogios e ainda adiantaram mais investimentos para a zona urbana rural, o que foi uma sinalização dos moldes que deve ganhar o projeto Caruaru 2030.

O projeto de macrodenagem assinado hoje representa a primeira parte de um orçamento de R$ 60 milhões, focado em serviços de  drenagem, urbanização de margens e melhorias viárias de canais em Caruaru. Dessa verba, R$ 14,3 milhões foram repassados pela União, enquanto R$ 700 mil são de contrapartida municipal. A estrutura dessa obra havia sido apresentada pelo prefeito em abril ao ministro e entrou em análise técnica.

A verba foi empnhada pelo deputado Wolney Queiroz (PDT), que estava presente no encontro e disse acreditar no compromisso do governo federal com Caruaru.  “Isso confirma um compromisso da presidente Dilma, que em último ato de campanha garantiu o acolhimento dos nosso pleitos”, lembrou.

Já para José Queiroz, o ministro o ajudou a quebrar um tabu. “Essas áreas sempre precisaram de melhorias, mas o orçamento necessário era alto, temos uma relação com Bezerra Coelho de muito tempo, ele teve a oportunidade de gerir uma cidade com os mesmos desafios de Caruaru (referindo-se a Petrolina), que surgiram a partir do próprio desenvolvimento do município e que gera demandas socio-econômicas”, reforçou o prefeito, que demonstrou empolgação para receber mais investimentos da União, reforçando as promessas de planejamento estratégico para daqui a 18 anos.

Pelas palavras de Bezerra Coelho hoje, essas perspectivas futuras podem ser atendidas, já que o ministro também adiantou que no próximo ano deve haver espaço no orçamento do Ministério de Integração Nacional para trazer verbas para a pavimentação de na zona rural. “É motivo de muita alegria encerrar meu primeiro no ministério aqui em Cararu. Essa cidade é porta de entrada de agreste e sertão, é a primeira cidade do interior de penambuco. É animador ver que o prefeito está olhando Caruaru de 2012 com olhos de 2030. Vou me empenhar para que possamos atender esse objetivo de pavimentar estradas da zona rural. Para 2012, teremos o orçamento do Ministério ampliado em 40%, o que poderá comportar  esse pleito”, finalizou.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro