10 de outubro de 2012 às 10h30min - Por Mário Flávio

Leonardo Chaves diz que só vai parar quando não puder mais fazer nada por Caruaru

O discurso do vereador reeleito Leonardo Chaves (PSD) nessa terça (09) à noite, durante sessão da Câmara de Caruaru na ACACCIL, focou-se principalmente em argumentar que ele ainda tem disposição para assumir um novo mandato. Ele, na verdade, chega ao seu décimo mandato de vereador na Capital do Agreste e disse não saber ainda quando deverá encerrar suas atividades políticas. Além disso, também aproveitou para mandar um “eu avisei” aos companheiros da Casa que especularam que Zé Queiroz (PDT) poderia não ser reeleito.

“Eu vou parar na hora em que não puder fazer mais nada pela população. Não sei quando isso será, depende da regra do jogo. Mas o que eu garanto é o que eu dizia mesmo antes da campanha, quando eu afirmei que o prefeito seria reeleito, enquanto a oposição dizia que não. E mais, eu lamento pelos companheiros que não acreditaram que Queiroz seria reeleito, pois a população fez o julgamento quanto a isso. Eu fui cobrado, fui criticado até pelo companheiro Lícius, quando reclamei que uma determinada figura política de Caruaru, que fez uma escolha errada”, declarou Leonardo, referindo-se indiretamente às críticas feitas ao vice-governador João Lyra (PDT), pelo afastamento do palanque de Queiroz.

Ainda em discurso, Leonardo teceu elogios a Queiroz e a Eduardo Campos. “Zé Queiroz gosta de trabalhar e tem o apoio de Eduardo Campos, que chamo de Rei Midas porque tudo que ele toca vira ouro e tenho certeza de que ele ainda vai ser presidente do Brasil, para honras os Pernambuco, assim como Lula o fez”, concluiu.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro