5 de agosto de 2013 às 15h42min - Por Mário Flávio

20130805-154844.jpg

O vice-governador João Lyra (PDT) entrou na era das redes sociais. Nesta segunda-feira (05) o pedetista lançou a fan page, com a intenção de se aproximar do eleitor on line. Em sua mensagem de abertura da página, João Lyra Neto destacou sobre o conteúdo a ser disponibilizado ao internauta. A página será atualizada pelo próprio João Lyra Neto e contará com equipe de apoio. Para seguir no Facebook: www.facebook.com/JoaoLyraNetoPE.

“Aqui você vai acompanhar o dia a dia do meu trabalho como vice-governador de Pernambuco, ao lado do governador Eduardo Campos. E, também, a minha trajetória como homem público, prefeito de Caruaru por duas vezes, e deputado estadual, líder do governo Miguel Arraes. Também vou registrar a trajetória política de minha família. A história de meu pai, João Lyra Filho – cujo centenário de nascimento celebramos em 2013 – prefeito de Caruaru por duas vezes, e articulador, junto com Miguel Arraes, em 1959, da primeira Frente Popular de Pernambuco. E do meu irmão, Fernando Lyra, o Ministro da Justiça que enfrentou a ditadura abolindo a Censura e o entulho autoritário no Brasil. Vamos também destacar os valores da história libertária e da cultura pernambucana.”

Vale destacar que, embora haja iniciativas de figuras políticas em nível local e estadual para interagir na internet e redes sociais, em Caruaru, por exemplo, ainda são poucos os políticos que investem nessa estratégia de comunicação. Em relação a deputados, o federal Wolney Queiroz tem perfis pessoais no twitter e facebook, apesar de um perfil institucional no twitter pouco atualizado. As deputadas do PSB Raquel Lyra e Laura Gomes – atualmente secretária estadual –  atualizam perfis nas redes sociais, também institucionais, com mais regularidade. Destaca-se também o deputado estadual Tony Gel, com perfis no Twitter e Facebook. No quesito vereadores, alguns, como Gilberto de Dora (PSB), Val das Rendeiras (PRTB) e Romildo Oscar (PTN), buscam um trabalho de interação com internautas no Facebook. As principais falhas, no entanto, sobram para os partidos locais. Na situação,o PT começa a investir em redes sociais, assim como o PSD Jovem na cidade, enquanto pela oposição, esse trabalho se restringe à juventude do DEM, Onda Jovem.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro