29 de abril de 2012 às 12h57min - Por Mário Flávio

A questão política só foi assunto no Fórum do PT no fim do encontro. O diretor da Fundarpe Hérlon Cavalcanti, voltou a falar na questão da sucesão municipal e disse que o documento precisa ser apresentado aos pré-candidatos da Frente Popular. “Não vamos sair daqui hoje com a decisão de apoiar o nome de ninguém, temos dois pré-candidatos, o prefeito Zé Queiroz e o presidente da Câmara, Lícius Cavalcanti. Os dois devem ter conhecimento sobre o que o PT pensa, vamos lutar por apenas uma candidatura, mas temos que conversar com os dois”, pondera.

O petista ainda cobrou algumas questões a serem adotadas num futuro governo. “O PT é um Partido Forte, precisamos discutir o Orçamento Participativo, que não foi implantado, os avanços na Saúde, temos que solicitar a implatação de uma secretaria de Cultura, de fato, e da Mulher, que ainda não são Pastas Efetivas e precisam de orçamento. O partido tem que deixar de viver a reboque ou só ser pensado quando o assunto é o tempo na televisão”, disse.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro