9 de dezembro de 2020 às 19h31min - Por Mário Flávio

O presidente Jair Bolsonaro demitiu, nesta quarta-feira (9), o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio.

O mais cotado para assumir o posto é o presidente da Embratur, Gilson Machado Neto. A nomeação deverá ser oficializada nesta quinta-feira (10) no “Diário Oficial da União”.

A queda de Álvaro Antônio foi atribuída ao ministro-chefe da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos. Os dois vinham divergindo internamente porque o ministério passou a ser citado como moeda troca por apoio no Congresso, via toma lá dá cá com partidos do Centrão, que já tem sido feito pelo governo em cargos de segundo e terceiro escalão e até alguns ministérios.

Agora, Álvaro Antônio vai reassumir seu mandato de deputado federal por Minas Gerais. Ele é filiado ao PSL e é investigado pelo Ministério Público sob suspeita de desviar recursos de campanha por meio de candidaturas de mulheres nas eleições de 2018. Apesar das revelações do laranjal no ano passado, Bolsonaro manteve o então ministro no cargo.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro