21 de março de 2014 às 19h54min - Por Mário Flávio

Ampliar o debate em torno dos problemas enfrentados pelos idosos é o objetivo da Frente Parlamentar de Defesa e Proteção da Pessoa Idosa. O colegiado foi instalado, nesta sexta (21 de março), na Assembleia, e terá como coordenadora a deputada Terezinha Nunes (PSDB). O encontro reuniu representantes de várias entidades.

De acordo com a parlamentar, a Frente vai colocar em debate a situação dos idosos, que representam perto de 20% da população brasileira. A questão da saúde e da crescente violência contra o idoso em Pernambuco estará entre os temas discutidos. Durante a reunião, a deputada Laura Gomes (PSB), vice-coordenadora da Frente Parlamentar, ressaltou que os idosos precisam de projetos, integração e arte. Ela informou que a Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos vem desenvolvendo, ao longo dos anos, programas em prol dessa parcela da população, incluindo a criação do Fundo Estadual da Pessoa Idosa.

Os deputados Adalto Santos (PSB) Zé Maurício (PP) destacaram a importância de debater políticas públicas para os idosos. Já o deputado federal Jorge Côrte Real (PTB), que integra a Frente Parlamentar do Idoso na Câmara Federal, ressaltou que é importante eleger metas e implementar ações, buscando resultados para os problemas que essa parcela da população enfrenta.

A vice-presidente do Conselho Estadual da Pessoa Idosa, Edusa Pereira, elogiou a criação da Frente Parlamentar na Assembleia. E o delegado Paulo Nogueira, que atua na Delegacia do Idoso, destacou o trabalho cambatendo crimes contra a pessoa idosa. Ele afirmou que a unidade funciona atrelada ao Ministério Público. Também participaram do encontro representantes da OAB/PE, do Ministério Público do Estado e da Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro