11 de outubro de 2013 às 07h25min - Por Mário Flávio

20131011-020851.jpg

O vereador Evandro Silva (PMDB) não poupou críticas ao prefeito Zé Queiroz (PDT) na sessão desta quinta-feira (10). Após aprovação em tempo recorde de duas CPIs, o edil atribuiu ao chefe do Executivo a ordem para que a bancada de situação votasse a favor da criação das duas Comissões. Ele disse que a decisão coloca a credibilidade da Casa em xeque e que houve uma manobra para inviabilizar novos pedidos de CPI por parte da oposição, já que segundo ele, o Regimento Interno da Casa, proíbe a criação de três Comissões ao mesmo tempo.

“Hoje entram duas CPIs. Isso fica bonito pra Casa? Assinei uma, comigo não tem isso, não sou feito alguns vereadores daqui que votam como quer o prefeito. Veja que coisa vergonhosa pra essa Casa, uma manobra regimental, para o senhor prefeito tentar minar a nossa CPI. Ele usa mais uma vez o poder de influência nessa Casa. Primeira vergonha: por qual motivo nào criaram essa CPI antes? Passaram quatro anos aqui e não criaram, já que é para atingir o ex-prefeito Tony Gel. Aí vem agora para tumultuar a Casa, a criação de duas CPIs, por isso que o nome dessa Casa está mal falado na cidade”, bradou na Tribuna.

O edil disse que a base do governo prejudica a imagem da Câmara diante da sociedade. “Criaram as CPIs da Sugesta, mas não foi por culpa dos senhores vereadores, esse prefeito é um sugesteiro. Quem mandou foi o prefeito, mas não inviabiliza a nossa. Não temos medo e tenho a certeza que a nossa CPI vai vencer na justiça e vamos ter a certeza da vitória, já que a nossa foi a primeira pedida”, pontuou.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro