20 de dezembro de 2012 às 12h55min - Por Mário Flávio

A gratificação de dezembro de alguns diretores e supervisores de escolas municipais em Caruaru foi cortadas em dezembro. Essa surpresa ingrata, no entanto, deve ser resolvida logo, já que segundo a Secretaria de Administração e Gestão de Pessoas, isso se tratou de um erro operacional que não pôde ser resolvido em tempo hábil.

No entanto, segundo funcionários, que preferem não se identificar, já teria havido redução de 20% em gratificações no mês de novembro. O detalhe é que esses se tratam de cargos de confiança e muitos dos que reclamam preferem cobrar de forma anônima.  alguns desses servidores reclamam passado as gratificações de quem ocupa cargo de confiança tiveram redução de 20%. O SISMUC foi informado sobre essa situação e o presidente do Sindicato, Eduardo Mendonça, explicou que teve uma reunião com o Secretário de Administração e Gestão de Pessoas, Antônio Ademildo, o qual enviou um ofício à entidade, informando que o não pagamento se tratou de uma falha técnica e que logo será corrigida.

“Eu tive uma reunião com o secretário Antônio Ademildo e ele explicou que isso se tratou de um erro operacional que não pôde ser solucionado há tempo para a folha de pagamento em dezembro, mas que em janeiro os diretores e supervisores receberiam a gratificação relativa a este mês. O SISMUC se coloca à disposição de todos os servidores para que eles façam suas cobranças sobre qualquer problema que enfrentem. No entanto, por estes cargos serem de confiança, muitas vezes ocorre de os funcionários não reclamarem, ou de fazerem reclamações anônimas”, explicou Eduardo.

Segundo Antônio Ademildo, as gratificações não foram processadas na Folha de Pagamento, mas ele garantiu que os servidores não serão prejudicados. “Algumas gratificações de diretores e supervisores escolares foram retiradas. Quando a folha foi processada, não deu tempo de acrescentar isso, devido ao fechamento da folha com o pagamento do 13º salário.Isso às vezes acontece, há vezes em que consta uma hora extra que não foi processada em um mês, mas entra no outro. Essa gratificação é um complemento da remuneração dos diretores e servidores, e eles receberão o retroativo já em janeiro”, esclareceu o secretário.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro