3 de janeiro de 2013 às 11h48min - Por Mário Flávio

20130103-114823.jpg

Terminou agora há pouco a reunião entre os vereadores e os servidores da Câmara de Caruaru. O presidente da Casa, Leonardo Chaves (PSD), voltou a fazer críticas a gestão de Lícius Cavalcanti (PCdoB) e disse que vai acabar com os privilégios e apadrinhamento político. “Vocês tenham certeza que vamos mudar esaa realidade, vocês sabem da minha maneira de gerir e esse negócio de apadrinhar cargos comigo não vai ocorrer”, disse.

O decano na Casa ainda disse que o primeiro escalão só será nomeado a partir de fevereiro. “Vamos fazer um mapeamento da situação da Casa e ter uma grande reunião com os 22 Veradores e fazer um raios-x para definir quantos assessores iremos ter e quais serão os salários. Defini apenas o nome do novo secretário jurídico, que é Bruno Martins, mas ele só começa a partir de fevereiro na Câmara, assim como os nomes do secretário geral, comunicação e procuradoria”, disse.

Além de Leonardo Chaves estiveram na reunião os vereadores Marcelo Gomes (PSB), Gilberto de Dora (PSB), Louro do Juá (DEM), Romildo Oscar (PTN), Jajá (PPS), Zé Ailton (PDT) e Edjailson da Caruforró (PRTB).


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro