13 de maio de 2014 às 18h07min - Por Mário Flávio

20140513-181014.jpg

Por Ana Rebeca Passos

Caruaru pode ter mais um representante na Assembleia Legislativa em 2015. O vereador Demóstenes Veras (PROS) já declarou sua pré-candidatura a deputado estadual e vai estar junto com o grupo político do senador Armando Monteiro (PTB), rumo ao Palácio do Campo das Princesas. Veras está no terceiro mandato como vereador, como o segundo mais votado da cidade, já foi vice-prefeito de Caruaru e segue para disputar pela segunda vez uma vaga na ALEPE.

Segundo o parlamentar, o convite para disputar a eleição foi feito pelo senador, que vem montado um forte palanque de lideranças no município. “A gente não constrói uma candidatura sozinho. É evidente que eu tenho uma vontade enorme de ser deputado da região do Agreste, até pelo fato de ser vereador em Caruaru pela terceira vez , vice-prefeito da terra, a gente tem uma ligação muito forte com o Agreste, por isso pelo fato de ser político e médico na região há quase trinta anos, tenho uma ligação direta com os municípios. Eu aceitei o convite de um grupo político que tem como líder maior o senador Armando Monteiro Neto para ser candidato a deputado estadual apoiando esse projeto junto com João Paulo ao senado e evidentemente à reeleição da presidente Dilma”, explicou Demóstenes.

Quando candidato a estadual em 2002, Veras obteve expressiva votação mas não foi eleito. Desta vez, Demóstenes diz estar confiante. “Eu sinto, na realidade que eu posso representar bem Caruaru e o Agreste. Em 2002 fui candidato a deputado estadual com 23 mil votos e só não entrei por questão de legenda, mais foi uma disputa que eu mostrei que a população confia no meu trabalho. Eu me sinto preparado no ponto de vista eleitoral e político para representar a cidade. Hoje eu sou pré-candidato mais apresento minha candidatura nas convenções de junho ao meu partido o PROS”, enfatizou o vereador.

Aliado do prefeito José Queiroz (PDT) por longas datas, Demóstenes Veras comentou sua relação com o chefe do Executivo, já que declarou total apoio ao candidato do PSB, Paulo Câmara ao governo do Estado. “Minha relação com Queiroz é a melhor possível. Inclusive, essa decisão quando eu tomei em setembro do ano passado para apoiar a candidatura Armando Monteiro , conversei muito com o prefeito e na época eu era o líder do governo, e por questão ética e de comodidade não só para mim como para ele, chegamos a uma conclusão que eu deveria entregar a liderança e concorrer na chapa de Armando. Sabia que ele não concordaria, até porque ele tem um compromisso com o Eduardo Campos. Mais nada muda na nossa relação”, disse Veras.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro