20 de março de 2013 às 07h55min - Por Mário Flávio

20130320-005436.jpg

Foi realizada na noite desta terça-feira uma reunião entre os donos de drogarias de Caruaru. Eles estão se unindo para tentar melhorar a situação imposta pelo Termo de Ajustamento de Conduta, que determina a obrigatoriedade de farmacêuticos nas drogarias da cidade. Os farmacistas garantem que não têm como cumprir essas medidas. Os donos de farmácia afirmam ainda que não foram ouvidos no momento de assinatura do TAC e esperam por ações para minimizar a situação.

Para formar um grupo forte a decisão tomada foi de criar a Câmara Setorial de Drogarias, que vai substituir a extinta Câmara de Farmácias. Durante mais de uma hora os empresários do setor receberão orientações do diretor executivo, José Marcos e do consultor jurídico da Acic, Bernardo Filho. “A classe precisa se unir para que em ações conjuntas possa sair fortalecida”, disse o advogado.

Antes mesmo da reunião iniciar os donos de drogarias foram informados que os farmacêuticos poderão continuar assinando por dois estabelecimentos em Caruaru. Para isso, os farmacistas irão ter que atualizar a licença junto a Vigilância Sanitária, até o dia 16 de abril. Com a criação da Câmara setorial, os donos de farmácia irão tentar adequar o TAC a realidade de Caruaru, já que segundo eles, não existem profissionais suficientes para atender a demanda do mercado local.

Uma comissão foi montada para apresentar propostas e na próxima terça-feira (26) deve ocorrer a eleição dos membros que irão formar a coordenação da nova Câmara Setorial.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro