19 de abril de 2012 às 14h42min - Por Mário Flávio

A Associação dos Catadores de Resíduos Sólidos de Caruaru solicitou à prefeitura municipal que participe de edital para apresentação de projetos de coleta seletiva de lixo na cidade. A chamada pública tem o objetivo de apoiar os municípios cadastrados na elaboração, complementação ou atualização de planos de coleta seletiva, abrangendo questões operacionais e técnicas. Se aprovado no edital, o município estará apto a receber recursos que variam entre R$ 100 mil a R$ 600 mil.

O edital foi aberto pelo Ministério desde o ano passado, mas segundo o vice-presidente da associação caruaruense, João Batista, a prefeitura ainda não tinha se mobilizado para participar. “Participar do edital é muito importante, pois visa desenvolver de forma adequada a coleta seletiva em Caruaru, a fim de preservar o meio ambiente, nós precisamos mostrar a importância disso para a população, do nosso trabalho como catadores e a prefeitura tem que participar. Entramos em contato com a prefeitura, que demonstrou que não tinha conhecimento do projeto e ficamos de apresentar o edital para o diretor de Meio Ambiente, Jorge Quintino”, explicou João.

Além de entrar em contato com a prefeitura, a associação também solicitou à Câmara Municipal de Caruaru que apresentasse requerimento para cobrar a participação da prefeitura no edital. Atendendo ao pedido, o presidente da Casa, Lícius Cavalcanti (PCdoB), vai apresentar requerimento na sessão desta quinta-feira (19), pedido que a prefeitura apresente projeto de coleta seletiva para o edital.

SOBRE O EDITAL

Para se candidatarem a receber os recursos, os gestores municipais devem cadastrar os projetos no Sistema de Gestão de Convênios e Contratos do governo federal (Sincov – Programa nº 440002012004) até o dia 30 de abril. No site www.convenios.gov.br ou pelo e-mail planoderesiduos@mma.gov.br é possível ter acesso a informações mais detalhadas sobre o edital, que visa habilitar os municípios na contratação de projetos básicos e executivos das unidades de tratamento de resíduos.

 


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro