25 de julho de 2012 às 15h24min - Por Mário Flávio

A Prefeitura de Caruaru e a Coca-Cola Guararapes assinaram, na manhã desta quarta (25), um termo de intenções para a empresa implantar seu novo centro de distribuição de bebidas para o interior de Pernambuco. Na cerimônia, também foi assinado o termo de cessão de um terreno de 47,7 mil m², situado na quadra A, do módulo III, do Polo de Desenvolvimento Sustentável do Agreste, onde será construído o novo Centro da Coca-Cola. A empresa receberá ainda isenção de IPTU e ISS por 10 anos. A Coca-Cola investirá R$ 8,5 milhões na obra.

“Caruaru é a cidade que mais cresce em Pernambuco e no Brasil e a Coca-cola vem participar deste momento auspicioso da economia que cada vez mais gera emprego e renda”, disse o prefeito Zé Queiroz (PDT), ao dar as boas-vindas aos representantes da multinacional.

O Secretário de Desenvolvimento Econômico, Franco Vasconcelos, afirmou que esse crescimento econômico se dá pela preocupação da prefeitura em oferecer aos empresários uma infraestrutura adequada para o funcionamento dos seus empreendimentos.

As novas instalações devem começar a ser construídas em quatro meses e devem gerar 170 empregos diretos e 320 indiretos. A obra deve ser inaugurada em 2013. O novo Centro da Coca-Cola Guararapes deve atender padrões de qualidade e eficiência internacionais e terá capacidade de armazenamento de 3 mil pallets, no primeiro momento, e 4 mil pallets a médio prazo. O número de funcionários aumentará de 315 para 418, entre vendedores, motoristas, ajudantes de entrega e de expedição, conferentes, supervisores de vendas atuando na distribuição e expedição.

“O investimento em Caruaru é estratégico para nós, não só pela cidade ser a mais importante do Agreste do estado, mas porque o município é um importante ponto central de distribuição para a região. Nós acreditamos no potencial de desenvolvimento do interior de Pernambuco”, explicou Marcelo Mayer, diretor geral da Coca-Cola Guararapes. Ele ainda disse que o apoio que a prefeitura de Caruaru tem dado nesse projeto é fundamental para que a Coca-cola atinja os seus objetivos.

A expectativa da construção do novo Centro é de grande geração de empregos

ESTRUTURA

O local terá inicialmente 8,6 mil m2 de área construída, com capacidade de ampliação para 11,7 mil m2, e 3,6 mil m2 de estacionamento e vias internas de circulação. Além de ampliar a área para armazenamento, o novo centro de distribuição duplicará a capacidade de carga e descarga simultânea e contará, ainda, com uma oficina mecânica de veículos e geladeiras, um refeitório próprio com capacidade para 100 pessoas, um ambulatório médico, área de lazer, auditório, área administrativa e vestiários, todos maiores que as instalações atuais.

Atualmente, o centro de distribuição da Coca-Cola tem 2.900m2, capacidade de armazenamento de 1.642 pallets e atua na distribuição por meio do sistema de pré-venda. Para atender 38 municípios e 6.350 clientes, conta com 168 veículos, entre caminhões, empilhadeiras, utilitários e triciclos. Com o novo CD a expectativa da empresa é de dobrar o volume de distribuição até 2020.

BENEFÍCIOS 

Com a implantação do novo centro de distribuição da Coca-Cola Guararapes, Caruaru também será beneficiada com a implantação do Coletivo. Pioneiro no país, o projeto tem o diferencial de formar e encaminhar jovens entre 17 e 25 anos para o mercado de trabalho e promover o desenvolvimento das comunidades de baixa renda. No município, o Coletivo oferecerá, inicialmente, capacitação na área de vendas. A expectativa é formar aproximadamente 300 pessoas por ano.

SOBRE A COCA-COLA GUARARAPES

Fundada em 31 de dezembro de 1983, a Coca-Cola Guararapes passou a responder diretamente a The Coca-Cola Company, em Atlanta – EUA a partir de 2001. A empresa atua nos estados de Pernambuco e Paraíba com quatro unidades fabris (Jaboatão dos Guararapes, Suape, Petrolina e João Pessoa) e quatro centros de distribuição (Recife, Caruaru, Garanhuns e Campina Grande). Com mais de 200 produtos em seu portfólio, a Guararapes emprega 3,5 mil funcionários diretos e atende cerca de 13 milhões de consumidores e uma base de 58 mil clientes.

 


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro