26 de fevereiro de 2013 às 13h55min - Por Mário Flávio

Zé Queiroz e Severina Maria - RAFAEL LIMA-PMC (4)

Um dos primeiros projetos de lei de autoria do Executivo Municipal de Caruaru aprovados no início de 2013 foi o que estabelece auxílio financeiro à agricultora Severina Maria da Silva, que passou décadas vítima de violência doméstica pelo próprio pai. Na manhã desta terça (26), o prefeito Zé Queiroz (PDT) sancionou o projeto, na presença de secretários e da própria agricultora, que receberá contribuição mensal vitalícia de R$ 1.000.

No contexto

Vereadores aprovam por unanimidade auxílio da prefeitura para agricultora vítima de violência doméstica

Além do auxílio financeiro, Severina continuará participando dos programas sociais das secretarias Especial da Mulher e de Políticas Sociais de Caruaru. Acompanhada pelo Centro de Referência da Mulher Maria Bonita (CRMMB), ela recebe, quatro vezes por mês, a visita de uma psicóloga do núcleo. Ainda em sua casa, recebe a orientação de uma assistente social também do CRMMB.

A agricultora, natural da Vila de Itaúna, zona rural de Caruaru, durante 28 anos, foi abusada sexualmente pelo próprio pai o também agricultor Severino Pedro de Andrade. Da violência doméstica, a agricultora teve 12 gestações e apenas cinco crianças nasceram. O caso ganhou repercussão nacional quando, em 2011, Severina Maria foi julgada e absolvida por unanimidade por ter mandado matar o pai ao perceber seu assédio a uma de suas filhas.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro