18 de junho de 2013 às 17h01min - Por Mário Flávio

Zé Queiroz

Antecipando-se à manifestação agendada para o sábado (22), o prefeito Zé Queiroz (PDT) acompanhou em parte a linha de pensamento do governador Eduardo Campos (PSB), na manhã desta terça (18), e decidiu não aprovar o aumento da passagem de ônibus em Caruaru de R$ 1,80 para R$ 2,10, conforme definido pelo Conselho Municipal de Transporte (Comut), na última reunião, dia 30 de maio.

No contexto

Enquanto prefeitura analisa reajuste de passagens em Caruaru, vereador quer saber se proposta contempla isenção de PIS/COFINS

Zé Queiroz sobre reajuste de passagens de ônibus: “É tarefa do Comut, que é uma representação do povo”

Para Adolfo José, reajuste de passagens para R$ 2,10 em Caruaru seria só um paliativo

Prefeitura de Caruaru estuda maneiras de reenviar projeto dos transportes ainda em 2013

Após conferir toda a documentação da reunião e considerar a desoneração do PIS e COFINS determinada pelo Governo Federal para as empresas de ônibus no dia 31 de maio, conforme publicação no Diário Oficial da União, o prefeito quer que a planilha de custos seja reformulada para apreciação do Comut em nova reunião.

Caberá à presidência do Comut determinar a nova reunião do órgão e providenciar os estudos técnicos para avaliação dos integrantes do Conselho, além de convocar todos os representantes para participar da decisão.

PROTESTOS

Em paralelo, o protesto “Não é só pelos Centavos” deve ocorrer no sábado, com concentração próxima ao pórtico da Estação Ferroviária, em frente ao Grande Hotel, no centro.  A ideia é realizar um percurso até o Marco Zero da cidade, reivindicando não só melhorias para o serviço de transporte público municipal, mas melhores condições de infraestruturas em nível local e nacional, como educação, saúde e segurança.

ANTECIPAÇÃO

Na manhã desta terça-feira (18), em Recife, o governador Eduardo Campos (PSB) anunciou que as passagens de ônibus na Região Metropolitana vão diminuir, em uma coletiva de imprensa para se antecipar a um protesto marcado para a quinta-feira (20). Eduardo Campos afirmou que uma nova licitação para as linhas de ônibus na RMR será relançada nesta sexta-feira (21). Em Caruaru, há outra situação mais complicada que o reajuste: o projeto de Lei do Executivo Municipal que atualizaria o Sistema de Transporte, com um novo processo legal de licitações, foi rejeitado na Câmara Municipal. A atual legislação prevê abertura de licitações, mas críticos avaliam que o projeto reprovado seria mais adequado, econômico e sem vícios constitucionais.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro