14 de setembro de 2012 às 11h03min - Por Mário Flávio

20120914-110251.jpg

No segundo bloco, o candidato Zé Queiroz foi questionado sobre o alinhamento entre os governos federal e estadual. O prefeito candidato disse que era um absurdo as críticas sobre esse tipo de recurso conseguido. “Não entendo como se critica os recursos conseguidos com o alinhamento, isso não existe em canto nenhum? Pergunto a população: eu não deveria receber tal dinheiro?”, disse.

O candidato disse ainda que o alinhamento existia antes e que nada foi feito, já que os avanços foram mitos conquistados nos últimos anos, como a Universidade Federal e o IFPE. “Temos um governo do Estado sensível, uma presidenta Dilma que fixou sensibilizada e um deputado federal atuante. Por isso que temos um
Alinhamento tão forte e todos os convênios federais têm a nossa contrapartida”, garantiu.

Sobre a implantação do VLT em Caruaru, o candidato garantiu que vai ser implantado, mas para ele o problema está burocracia. Sobre a ciclovia na Rui Barbosa, o candidato disse que o projeto foi incluído no Plano de Mobilidade, já que o mesmo foi enviado para Brasília. “Vamos fazer o projeto e transformar aquela área num espaço de recreação e temos a certeza que essa espaço será aprovado no Projeto”, disse.

Sobre a herança maldita herdada de Neguinho Teixeira e a participação de membros da equipe do ex-prefeito na equipe e coordenação de campanha, o mesmo foi enfático. “Já expliquei isso, mas quero fizer algo sobre Reginaldo França, não tinha o dedo dele em questões que encontraremos”, pontuou.

Sobre a mudança da feira da sulanca o prefeito candidato foi questionado sobre a mudança da feira, já que no Plano de Governo que está disponível no site do TSE, existe a afirmação que a Feira vai ser mudada, o prefeito desconversou e disse que uma espécie de plebiscito para a realização a mudança da feira.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro