14 de setembro de 2012 às 10h33min - Por Mário Flávio

20120914-103239.jpg

Começou a entrevista com o candidato a reeleição Zé Queiroz (PDT). A Sabatina faz parte da série de entrevistas promovida pelo Comando Geral das Eleições, fruto de uma parceria entre as rádios Cultura e Caruaru FM. No primeiro bloco as perguntas foram feitas pelos jornalistas. O primeiro tema abordado foi pesquisa, já que o candidato apareceu na frente das últimas pesquisas de opinião.

“Nunca discuti e nem questionei pesquisa, mas os nossos dados internos nos dão uma folga grande e hoje o sentimento das ruas é esse. Veja o evento que realizamos essa semana com o governador Eduardo Campos. Levamos mais de 30 mil homens e mulheres na caminhada, esse é o maior sentimento que qualquer pesquisa”, disse.

Sobre a zona rural e periferia, o candidato se diz tranquilo. “As nossas ações são fortíssimas na periferia, entendemos que demos mais atenção a essa comunidade, colocamos as creches e cuidamos das pessoas. Tínhamos analfabetismo dentro das escolas e mostramos no guia outra realidade, a maioria das nossas crianças mora na periferia e conseguimos instalar a maior rede social do Nordeste. Sobre a zona rural, eu tenho os dados em mãos, não vou citar, mas as nossas ações nas estradas, as realizações nos dão una situação tranquila”, pontuou.

Sobre as promessas de campanha não cumpridas e usadas no guia da oposição, ele foi enfático. “Tem coisa mais ridícula do que um debate sobre uma pedra? Não retirei a pedra, mas construí a Ponte Irmã Jerônima, uma pedra na vida de muita gente, que a antiga gestão não conseguiu”, disparou.

Sobre a questão do Plano de Resíduos Sólidos, não entregue pela prefeitura de Caruaru, o prefeito garantiu que ainda está dentro do prazo e ainda no mês de setembro entrega o mesmo al governo federal.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro