12 de janeiro de 2012 às 09h00min - Por Mário Flávio

O deputado federal, Wolney Queiroz (PDT), seguiu hoje pela manhã para Brasília. Ele vai acompanhar de perto a sabatina do ministro Fernando Bezerra Coleho (PSB) aos deputados e senadores. O ministro da Integração Nacional vai prestar esclarecimento sobre as denúncias de favorecimento a Pernambuco no que diz respeito a liberação de verbas. O pedetista disse ao blog que a decisão do ministro em pedir para ser ouvido foi acertada. “É importante para encerrar o ciclo. Já deu todos os esclarecimentos, mas faltava o Congresso. Ele solicitou ao presidente Sarney que o Congresso fosse convocado para ouvi-lo. Assim foi feito. A bancada de Pernambuco estará maciçamente presente para solidarizar-se com ele”, pontuou.

O deputado acredita que FBC vai se sair bem e que não trabalha com a hipótese da saída do ministro e que a presidenta Dilma não se posicionau ainda por não ser necessário. “Existe o desgaste dessa exposição negativa, mas não há qualquer fato que o desabone. Nada objetivo que possa ameaçar o cargo. Não houve necessidade da Presidenta Dilma se pronunciar. Ela o designou para comandar a reunião com outros três ministros. Esse fato é simbólico: significa força e blindagem”, aposta.

O pedetista não acredita que Pernambuco foi privilegiado e que FBC é um dos melhores quadros do atual ministério, mas ainda teceu críticas a alguns setores da mídia e políticos do Sul do Brasil. “Houve e haverá benefícios para Pernambuco. O que não houve foi privilegio. Não podemos ser penalizados por sermos eficientes, articulados e competentes na elaboração de projetos. Fernando foi o melhor ministro daIntegração e um dos melhores ministro de Dilma. Essa é a opinião em Brasilia, no Congresso e na imprensa. O ciúme vem daí. Parte da imprensa age errado. Uma machete falsa: ‘PE recebe 90% do recursos da Integração Nacional’. Pronto, desabou o mundo! Uma meia-verdade é uma mentira e meia. Daí pra diante, se juntaram todos os interesses contrários ao ministro, ao governador Eduardo, a Pernambuco, ao Nordeste, ao PSB. Muitas dessas notícias são puro preconceito ao protagonismo de Pernambuco e do Nordeste. A força politica do Estado contraria muita gente do Sudeste”.

 

Wolney reuniu a bancada da situação para dar apoio a FBC


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro