26 de abril de 2012 às 23h40min - Por Mário Flávio

Mesmo sendo adversário do deputado federal Augusto Coutinho ( DEM), o também deputado, Wolney Queiroz (PDT), saiu em defesa do colega de Congresso Nacional. Pelo twitter, o pedetista disse que as informações publicadas na Revista IstoÉ não passam de equívocos. “Apesar de sermos adversários, devo registrar que a polêmica envolvendo o deputado Augusto Coutinho foi um grave equívoco. O deputado recebeu doação legal, de uma empresa pernambucana, legalmente constituída e que tem funcionamento regular e conhecido. Por azar do dep. Augusto Coutinho, a empresa doadora tem o mesmo nome da outra, com sede em Brasília. Esta sim, envolvida com Cachoeira.”

A postagem de Wolney mostra que a cada dia o político amadurece. Ele e Augusto Coutinho foram os mais votados na eleição de 2010 em Caruaru e Coutinho possui forte relação com o deputado estadual Tony Gel (DEM), adversários histórico do grupo aliado a Wolney e Zé Queiroz (PDT). Mesmo com a distância entre ambos, as declarações do pedetista revelam que houve injustiça com Coutinho. “Não tolero o linchamento público, nem para inimigos (apesar de não tê-los). Muito menos quando se trata de clara injustiça a um adversário”, postou.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro