8 de março de 2013 às 19h09min - Por Mário Flávio

20130220-174913.jpg

Esta semana, a presidente Dilma Rousseff anunciou a destinação de verbas da segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) e Caruaru será uma das cidades contempladas. No total, a Capital do Agreste será beneficiada com a vinda de R$ 250 milhões, que serão destinados à execução do Projeto Mobilidade Urbana e a obras de infraestrutura da cidade, como asfalto e calçamento. Este será o maior repasse já recebido pela Prefeitura de Caruaru em toda a história. “É um marco histórico para a cidade. Nunca, em sua história, Caruaru recebeu tantos recursos de uma só vez. É uma grande conquista para o povo de Caruaru e eu fico feliz de ter contribuído com isso”, afirmou o deputado Wolney Queiroz (PDT/PE).

O parlamentar se articulou com o prefeito José Queiroz e uma comitiva de secretários municipais para garantir o aporte dessas verbas junto ao Ministério das Cidades. De acordo com Wolney, esta conquista reforça, mais uma vez a força política de Caruaru junto à presidente Dilma. “O alinhamento com os governos Estadual e Federal só tem trazido bons frutos para Caruaru. Eu tenho trabalhado muito com o governador Eduardo Campos e em Brasília, com os ministros, para garantir que Caruaru esteja sempre integrada aos programas, justamente para garantir que os recursos cheguem e se convertam em melhorias para a cidade e para a população”, completou Wolney.

Pelo planejamento da Prefeitura, o projeto contempla a criação de um BRT – Bus Rapid Transit, que foi implementado em Curitiba e virou modelo de excelência no país. Em Caruaru, o BRT teria dois eixos: Leste/Oeste e Norte/Sul e também contaria com uma faixa de ciclovia em um dos eixos. O Leste/Oeste contempla o trajeto do Alto do Moura até o bairro das Rendeiras. Já o Norte/Sul, sai da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), passa pelo Polo Caruaru, Avenida Agamenon Magalhães, Parque Severino Montenegro e termina no Hospital Regional do Agreste.

O projeto prevê também a metronização do ônibus, com a criação de plataformas elevadas, horários controlados e compra do bilhete antes do embarque. A previsão de investimentos para o plano de mobilidade de Caruaru é de aproximadamente R$ 307 milhões. O projeto foi apresentado em outubro do mês de outubro do ano passado ao Ministério das Cidades.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro