18 de fevereiro de 2013 às 11h25min - Por Mário Flávio

20130218-110240.jpg

O secretário de Educação de Caruaru, Welson Costa, se pronunciou hoje pela manhã sobre a assembleia dos servidores da educação no município, realizada na última sexta-feira (15). Ficou decidido que os professores irão realizar uma paralisação de advertência na próxima quarta (20) e na sexta (22) uma nova assembleia será realizada e a greve pode ser decretada, caso não haja mudanças na redação do Projeto de Lei que atualiza o PCC da categoria.

O secretário garantiu a repórter da Caruaru FM, Ana Rebeca Passos, que espera pela conversa, para evitar transtornos no início do ano letivo. “Nós estamos no aguardo do início das negociações, temos a certeza que o diálogo vai prevalecer e que o bom senso também”, pontuou. Sobre a possibilidade de greve o secretário disse que vai tentar até o último instante pela negociação. “Toda a paralisação traz malefícios para todos os envolvidos, na educação não será diferente, mas esperamos que o diálogo prevaleça”, disse.

Os professores esperam por adequação na redação do PCC que foi aprovado recentemente na Câmara de Caruaru. Eles afirmam que da maneira que está o conteúdo é prejudicial a categoria. “Nesta quarta é uma parada de advertência, caso a classe não seja ouvida, poderemos ter a greve decretada, esse PCC prejudica a categoria”, disse o professor e presidente da Atec, Fred Santiago.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro