25 de fevereiro de 2020 às 22h37min - Por Mário Flávio

Um vídeo atribuídio ao presidente Jair Bolsonaro é a nova polêmica envolvendo o Chefe do Executivo Nacional. De acordo com a jornalista Vera Magalhães, o presidente disparoo do celular pessoal um vídeo em tom dramático que mostra a facada que sofreu em 2018 em Juiz de Fora para dizer que ele “quase morreu” para defender o País e agora precisa que as pessoas vão às ruas no dia 15 de março para defendê-lo.

O ato do dia 15 está sendo convocado por movimentos de direita em defesa do governo e contra o Congresso Nacional. Um segundo vídeo tem a voz do caruaruense e gerente de marketing da Embratur, Silvio Nascimento.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro