1 de setembro de 2013 às 14h25min - Por Mário Flávio

Na sessão desta quinta-feira (29), a expectativa era para saber se os vereadores manteriam a votação do início da semana que derrubou uma emenda criada pela comissão de legislação e redação de leis em primeira discussão. A emenda pretendia alterar a data da luta pela educação, o que desagrava aos professores.

Mesmo sob pressão, o vereador Gilberto de Dora (PSB) manteve o posicionamento. O voto dele contribuiu para a derrubada definitiva da emenda. “O slogan da minha campanha foi ‘Gilberto de Dora, a voz do povo’. Então, por que eu calaria vontade da categoria? Para mim o que vale é a liberdade de expressão” justificou o parlamentar.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro