30 de agosto de 2013 às 08h25min - Por Mário Flávio

O governador Eduardo Campos (PSB) foi o entrevistado desta quinta-feira (29) no programa do Ratinho, exibido no SBT. O socialista abordou assuntos polêmicos como a falta de vontade política para iniciar a reforma. Eduardo ainda disse que teme pela volta da inflação e garantiu que o que fez de melhor no governo foi unir o estado e dialogar para fazer com que “os pernambucanos acreditem no futuro novamente”.

O socialista teceu críticas ao governo Dilma e disse que é preciso evoluir para a “Política Social 2.0″. Ele não condena as ajudas do tipo bolsa família, mas disse que é preciso fazer revolução na política social. Ele disse ainda que é favor dos médicos cubanos, como solução paliativa, mas que o governo federal precisa abrir faculdades para os filhos de brasileiros virarem médicos no interior. Ele exemplificou isso com o recente curso de Medicina inaugurado em Serra Talhada. O governador ainda se posicionou a favor de privatizar os presídios e disse que era contra a redução da maioridade penal, elogiando o projeto do senador Aécio Neves sobre o adulto que levar menores para cometer crime ter a pena dobrada.

Por fim, disse que a presidenta Dilma Roussef (PT) tem falta de traquejo político e diálogo e que o governo tem que dialogar e ter a capacidade de ouvir. Abaixo parte da entrevista. Reproduzido por um perfil no Youtube, a qualidade do vídeo só não é das melhores.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro