23 de novembro de 2020 às 08h04min - Por Mário Flávio

Do Blog Cenário

Após o deputado federal Túlio Gadêlha (PDT) anunciar nas redes sociais que um integrante da campanha de João Campos (PSB) tentou “negociar” o seu silêncio no 2º turno, o chefe de gabinete do parlamentar, Rafael Bezerra, desmentiu Túlio e anunciou seu desligamento do cargo.

“Ainda que os elementos da comunicação estejam suscetíveis a ruídos, afirmar algo que nunca aconteceu fere o que poderia se considerar contornável mesmo dentro do que conhecemos como ‘jogo político’. Com lamento, perplexidade e indignação, despeço-me da composição de um mandato que construímos com grande implicação e compromisso”, escreveu.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro