8 de março de 2012 às 08h00min - Por Mário Flávio

Nas últimas duas semanas a saúde foi o foco de críticas do Ministério Público. Foram três recomendações para que o tema passe por melhoras. Uma das soluções apontadas pelo governo é a interiorização dos cursos de medicina, com foco principal na cidade de Caruaru. Uma das conquistas mais alardeadas pela ala governista foi a vinda da faculdade de Medicina em Caruaru. No entanto, o prefeito Zé Queiroz (PDT) disse ontem que o vestibular de Medicina não deve sair ainda esse ano. De acordo com o Chefe do Executivo, a burocracia atrapalha a doação do terreno para a Universidade Federal de Pernambuco. “Tivemos alguns problemas na desapropriação do terreno, por isso a Universidade Federal não pode iniciar as obras e fazer o vestibular”, disse.

Devido ao impasse, o prefeito de Caruaru não acredita na realização do vestibular ainda esse ano. No ano passado, durante o seminário “Todos por Pernambuco”, que contou com a presença de 1.468 pessoas, o governador Eduardo Campos (PSB) fez o anúncio do vestibular de Medicina para 2011.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro