8 de fevereiro de 2013 às 08h25min - Por Mário Flávio

Caso seja criado um novo partido nos próximos meses, o destino dos vereadores do PRTB fica incerto. As desavenças de membros do governo Zé Queiroz (PDT) com o pastor Ednázio, presidente estadual da legenda em Pernambuco, só aumentam a distância do entendimento. A nossa equipe em conversa com dois vereadores da legenda percebeu que a há uma situação delicada nos rumos do partido na Capital do Agreste.

No contexto

PRTB pode sofrer esvaziamento em Caruaru

Luciel: “O sentimento dos vereadores não é deixar o PRTB”

Val das Rendeiras, por exemplo, está fechado com o secretário Executivo de Relações Institucionais de Caruaru, Davi Cardoso, e devido à maneira que o pastor Ednázio se colocou recentemente, dificilmente ficará na legenda. “Tenho uma amizade de longas datas com Davi, ele foi um dos grandes articuladores do grupo que elegeu os três vereadores, é secretário de governo, então estaremos com ele”, disse o vereador Val das Rendeiras.

Já o vereador Jadiel Nascimento segue cauteloso, disse que o momento ainda não é de tomar decisões, mas não descarta a saída do partido. “Nós não estamos preocupados com isso agora, mas vamos estudar o posicionamento dos líderes no estado e em Caruaru e de acordo com conversas, iremos saber que norte tomar. Tudo é possível, não descarto a possibilidade de sair do partido, mas não é esse o meu foco”, disse.

Após o carnaval deve acontecer uma reunião entre os vereadores e a presidência do partido em Caruaru, que no momento está com Luciel Emerson.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro