5 de fevereiro de 2014 às 17h48min - Por Mário Flávio

20140205-174842.jpg

Os vereadores Evandro Silva (PMDB) e Val das Rendeiras (Pros) deixaram há pouco a sede da Penitenciária Juiz Plácido de Souza. Os dois estavam presos acusados de um esquema para cobrar propina com o intuito de criar a CPI da CGU. Ambos foram beneficiados com o habeas corpus concedido pelo Desembargador Gustavo Lima. Ao sair e ser recebido por familiares ambos evitaram falar com a imprensa e deixaram rapidamente a unidade prisional.

De acordo com o advogado Saulo Amazonas os vereadores Pastor Jadiel (Pros), Neto (PMN) e Val (DEM) se apresentam nesta quinta-feira (06). “Já estamos de posse do salvo conduto dos três e amanhã acreditamos que eles irão se apresentar para que possam mais uma vez voltar ao convívio das famílias. Mais uma vez o Tribunal de Justiça entendeu que a prisão era desnecessária”, disse.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro