10 de dezembro de 2015 às 09h06min - Por Mário Flávio

Raquel

A falta de água no Agreste pernambucano, principalmente em Caruaru, tem preocupado a deputada Raquel Lyra (PSB). Ela usou a tribuna da Assembleia Legislativa nesta quarta (9) para tratar das dificuldades hídricas que a região vem enfrentando. Na ocasião, os vereadores do município Edjailson da Caru Forró (PTdoB), Rodrigues da Ceaca (PRTB) e Pastor Carlos (PRB), que acompanhavam a Reunião Plenária, entregaram ao presidente da Assembleia, deputado Guilherme Uchoa (PDT), um relatório sobre o tema.

Segundo Raquel, o mesmo documento foi entregue ao governador Paulo Câmara na semana passada e contém um pedido em defesa de mais investimentos no setor para que a população do Agreste deixe de sofrer com a falta de água. Ela citou também prognósticos negativos da Compesa e da Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) para o ano que vem, com permanência da estiagem por causa do fenômeno El Niño.

De acordo com a deputada, o Governo do Estado investe R$ 20 milhões na construção de cisternas no Agreste, além de executar o Sistema Pirangi, que ficará pronto em julho de 2016, e a Barragem de Serro Azul, prevista para o fim do próximo ano. “Já a Adutora do Agreste, com apenas R$ 4 milhões por mês que estão sendo liberados pelo Governo Federal, deve levar dez anos para ficar pronta”, observou.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro