9 de agosto de 2013 às 07h55min - Por Mário Flávio

20130808-232509.jpg

Uma das meninas dos olhos da atual gestão municipal, o Orçamento Participativo segue sendo alvo de críticas na Câmara Municipal de Caruaru. Os governistas soltaram o verbo contra o OP e garantiram que vão boicotar as ações vindouras. O primeiro a elevar o tom foi o vereador Ranilson Enfermeiro (PTB). “Teve uma reunião do Orçamento Participativo no Alto do Moura, eu moro lá e sequer fui convidado. Não entendo que modelo é esse em que vereador não é bem vindo”, disse.

O presidente da Câmara, Leonardo Chaves (PSD), veio em seguida e garantiu que os vereadores não são prestigiados nas plenárias. Segundo ele, não vai a esses encontros que têm pouco serventia para quem defende um mandato na Câmara. O decano na Câmara explanou ainda que alguns secretários ajudam a aumentar a insatisfação, pois não atendem aos pedidos dos edis.

Gilberto de Dora (PSB) também bateu na secretaria de Participação Social, que está incluída no projeto de reforma administrativa que ainda será apreciado na Câmara. “Teve uma reunião no Bairro Luiz Gonzaga e só fui lembrado no fim da reunião. Escolhem um monte de delgados lá, mas eu digo a vocês os verdadeiros delegados são os vereadores e só não falo mais sobre esses delegados para não quebrar o decoro. Não vou mais para nenhuma reunião desse Orçamento Participativo. Em relação ao público, só cinco pessoas são sorteadas para falar. Como é que apenas cinco moradores conseguem representar uma comunidade formada por milhares de pessoas com dezenas de problemas. Desse jeito, eu desconheço qual é a participação que esse programa tem”, disse.

O Pastor Jadiel Nascimento (PRTB) soltou o verbo e disse que o prefeito Zé Queiroz precisa rever esse modelo de OP. “É hora de o prefeito parar esse estilo de Orçamento Participativo, os vereadores estão desprestigiados. Não concordamos com as posições tomadas por quem está no comando desse OP e se o prefeito concorda com esse modelo, não concordamos com ele também”, pontuou.

Até o vereador Heleno do Inocoop (PRTB), que é considerado um dos mais fieis da bancada governista, não poupou o OP. “Também estou muito chateado e espero que o nosso prefeito tome alguma providência”, disse.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro