13 de dezembro de 2013 às 07h25min - Por Mário Flávio

20131212-232950.jpg

Enquanto na Acaccil um debate era travado sobre ideologia e a vida e obra de Gregório Bezerra, ao lado, na Câmara municipal os vereadores declinavam do uso da palavra e votaram nominalmente um projeto de autoria do vereador Edjailson da Caru Forró (PT do B), campeão de ideias exóticas e algumas sem muito sentidos. O projeto de Lei cria o dia municipal do ouvinte de rádio. Sem uma pauta com questão polêmicas, o vereador Jajá (PPS) pediu para que a votação fosse nominal.

Até no momento da leitura do conteúdo do Projeto, o primeiro secretário, vereador Gilberto de Dora (PSB), não se conteve e caiu na risada. Vários vereadores que não concordavam com a ideia votaram contra e outros de abstiveram. Em nome do velho corporativismo, outros votaram a favor e fizeram questão de justificar: “vou votar por causa do colega, em respeito ao colega”, disse. Será que vai ser criado também o dia do leitor de jornal, telespectador ou do seu, que agora lê essa matéria? Gostaria muito de saber como o vereador Edjailson consegue ter tantas ideias como essa. Só esse ano ele pediu a criação de estacionamento exclusivo para vereador próximo a prefeitura e defendeu na tribuna que os idosos tivessem prioridade na abertura da Feira da Sulanca. #SemMais.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro