7 de janeiro de 2014 às 07h25min - Por Mário Flávio

20140107-071441.jpg

Os 10 vereadores de Caruaru que estão afastados das funções por determinação judicial ainda não entraram com o recurso para reassumir os mandatos na Câmara Municipal de Caruaru. De acordo com os advogados de alguns, as informações seguem sendo colhidas e a teoria da defesa montada com bases para que a solicitação obtenha êxito junto ao Tribunal de Justiça de Pernambuco. A ação deve ocorrer no máximo até a próxima terça-feira, já que o documento está sendo analisado com cautela pelos advogados.

Os edis foram afastados de suas funções por 180 dias por uma determinação do juiz José Fernando Santos Souza, após os mesmos terem sido presos pela operação Ponto Final, por suposto envolvimento nos crimes de concussão e corrupção passiva. A prisão sempre foi muito contestada pelos advogados que conseguiram os habeas corpus uma semana depois da detenção.

Mesmo com a suspensão e nomeação dos suplentes, os salários de todos foram mantidos e com isso a Câmara de Caruaru vai ter que pagar a remuneração de 33 vereadores em janeiro. A Casa não recorreu da decisão.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro