7 de fevereiro de 2018 às 10h05min - Por Mário Flávio

Do Blog do Ney Lima

Um microfone aberto durante uma reunião na Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe captou falas do presidente Zé Minhoca (PSDB), durante a sessão ocorrida na manhã desta terça-feira (06). O áudio revela o clima de rompimento entre Zé Minhoca e o prefeito da cidade, Edson Vieira (PSDB).

Durante a sessão, o presidente reclamava abertamente o fato de não ter sido convidado para um ato de lançamento de obras, realizado na prefeitura da cidade minutos antes da sessão na Câmara.

“Eu acredito que houve um esquecimento por parte do cerimonial da prefeitura de não ter pelo menos me avisado. Mas não vai ser novidade também não, sabe? Algumas coisas lá eu sabia já através da imprensa. Mas acho isso ridículo, se é verdade que houve essa reunião, é ridículo isso”, retrucou Zé Minhoca abertamente durante a sessão.

Após a fala, o presidente passou a palavra ao vereador Pipoca que ocupava a vaga de primeiro secretário, mas manteve o microfone aberto e falou direcionando-se ao vereador Júnior Gomes: “Agora vai ficar, se ele (Edson Vieira) quiser brigar, onze contra seis? Com as merdas que a gente tá pegando aqui? Esse homem tem juízo?”, disse o vereador sem perceber que estava tendo o áudio reproduzido. Nesse momento o ouviu-se o vereador Júnior Gomes alertar que o microfone estava aberto.

As afirmações do presidente da Câmara ocorrem em meio a fortes rumores de rompimento envolvendo os vereadores Júnior Gomes, Toinho do Pará, Ronaldo Pacas e o próprio vereador Zé Minhoca pelo fato dos quatro não terem manifestado apoio a pré-candidatura de Alessandra Vieira para deputada estadual.

Ouça:

Blog do Ney Lima

Áudio com afirmações de Zé Minhoca


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro