8 de abril de 2012 às 21h55min - Por Mário Flávio

 A imagem faz qualquer cidadão ficar indignado. A bomba de gasolina, um dos símbolos da reforma da Praça do Rosário, foi totalmente destruída por vândalos, que escolheram o fim de semana da páscoa para destruir um patrimônio do povo de Caruaru. Uma situação absurda, já que o objeto faz parte da história de nossa cidade. Não existe justificativa alguma em destruir o patrimônio público e mais uma vez parte da população de Caruaru mostra que não tem o mínimo respeito pela cultura.

A falta da Guarda Municipal no local, já que a maioria do efetivo está em greve, revela que sem a segurança por perto, o nosso patrimônio fica vulnerável a pessoas que não têm noção alguma e promovem esse verdadeiro absurdo. Nesta segunda-feira, a prefeitura deve mandar uma equipe ao local para avaliar o estrago e o que pode ser feito, já que o equipamento é antigo e a destruição pegou a todos de surpresa.  

VISÃO DO BLOG – É lamentável que em plena “era” da modernidade ainda tenhamos atitudes como essas. Destruir o patrimônio é um crime e tomara que as câmeras da Destra tenham filmado para que os culpados sejam punidos. Muito se reclama do uso do dinheiro público para determinadas ações, mas quando uma pessoa depreda ou destrói o patrimônio, está causando prejuízo ao poder público, que vai ter que restaurar aquele bem.

 

 


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro