31 de maio de 2018 às 22h03min - Por Mário Flávio

A prefeita Raquel Lyra antes de anunciar que o São João iria ser mantido teve uma longa reunião com os vereadores da base. Participaram 16 parlamentares que voltaram a reclamar da falta de atenção que recebem do governo e da atuação de algumas pautas específicas. Um dia antes do encontro, o vereador Ricardo Liberato foi à Tribuna da Câmara e soltou o verbo, ameaçando deixar a base. Liberato não foi ao encontro.

Voltando a reunião, os vereadores dizem que não são atendidos como deveriam e cobram mais espaço na gestão. A prefeita ouviu atenta as reivindicações e ao lado dela estava o secretário Rubens Júnior, que foi citado por alguns presentes (criticas e defesas).

Após ouvir a prefeita informou aos parlamentares da situação do São João e ouviu de todos que mantivesse a abertura do São João para o próximo sábado (2). Vira e mexe os vereadores reclamam e até na assinatura da lei do bolsa atleta, um vereador presente pediu que ruas fossem calçadas no bairro dele. Mas mesmo com todas as críticas, a tucana tem uma ampla base na Casa do Povo.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro