14 de março de 2018 às 16h10min - Por Mário Flávio

A decisão do governo de Pernambuco de investir R$ 25 milhões – liberados pelo BNDES para a segurança pública do estado – em compra de motos e equipamento de segurança individual foi recebida com críticas por integrantes do PSDB-PE. Os tucanos entendem que o governo opta por um caminho que não considera o essencial: investimento em inteligência e recursos humanos.

O presidente da legenda no Recife, delegado de polícia há 20 anos e professor de Direito, Processo Penal e Criminologia, Durval Lins, considera “lamentável que o governo não pense em inovação, gestão, inteligência e recursos humanos”. “Provavelmente, mais dinheiro pelo ralo”, prevê.

Ex-prefeito de Jaboatão dos Guararapes, Elias Gomes (PSDB-PE) critica o governo do estado por insistir numa “estratégia vencida” no enfrentamento da segurança. O tucano entende que o encaminhamento dado pela atual gestão produzirá “mais do mesmo”, já que “enfrenta velhos problemas com antigas soluções”. Elias também considerou “tímidos” os valores obtidos por Pernambuco – R$ 25 milhões num montante de R$ 42 bilhões colocados à disposição dos estados pelo governo federal.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro