20 de março de 2017 às 08h53min - Por Mário Flávio

Nesta quarta-feira (22), o Ministério Público do Trabalho (MPT) participa de reunião com o Ministério do Trabalho e a rede de proteção à criança dos municípios do litoral sul pernambucano. O objetivo é discutir políticas de enfrentamento, erradicação e prevenção do trabalho precoce. Há registro, por parte da fiscalização, de crianças e adolescentes fora da escola, trabalhando, sobretudo, nas prais. O encontro tem início às 8h, no Instituto Padre Enzo, em Tamandaré.

A procuradora do Trabalho Jailda Pinto, titular regional da Coordenadoria de Combate à Exploração do Trabalho da Criança e do Adolescente (Coordinfância), participa do encontro, em que estarão presentes representantes do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS), Conselho Tutelar, Secretarias de Educação, Saúde, Assistência Social e Turismo dos municípios de Barreiros, Rio Formoso, Tamandaré, São José e Sirinhaém.

Na ocasião, ela apresentará o projeto do MPT que visa capacitar conselheiros tutelares, CRAS/CREAS para realizar busca ativas de criança e adolescentes em situação de trabalho proibido e o projeto MPT na Escola, que consiste em um conjunto de ações voltadas à promoção de debates de temas relativos ao direito da criança e do adolescente no ambiente escolar.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro