3 de fevereiro de 2012 às 14h00min - Por Mário Flávio

O deputado estadual Tony Gel (DEM) usou o espaço no programa Show da Cidade, veiculado diariamente na Rádio Liberdade AM, para sair em defesa dos vereadores considerados dissidentes. Ele aproveitou a volta do recesso para citar os vereadores, que segundo ele, sofrem perseguição do prefeito Zé Queiroz (PDT) e os mesmos se afastaram por causa da decepção com o atual governo. “São vereadores que caíram na real. Eles fizeram campanha ao lado do atual prefeito, se elegeram e sabemos dos méritos deles. São pessoas corretas, que passaram dois anos defendendo o governo, mas quando viram que o governo tem como princípios a perseguição, se decepcionaram, principalmente pelas promessas que não foram cumpridas e a falta de respeito com a Câmara de Vereadores”, disparou Gel.

O democrata ainda citou os três dissidentes e lembrou a economia feita em 2009, quando ele era vereador na Casa Jornalista José Carlos Florêncio. “O lícius Cavalcanti se elegeu presidente da Câmara com méritos, mas nunca foi aceito pelo prefeito. O mesmo acontece com o Dr. Demóstenes, que apresenta propostas sérias e importantes na Casa e o prefeito não tem dado a mínima. Por fim, chegamos a Rogério Meneses, que junto aos demais vereadores fez um esforço grande, principalmente no primeiro ano de governo, quando houve uma determinação muito grande da Mesa Diretora, que gerou a economia de um milhão de reais. Esse dinheiro foi devolvido a prefeitura, houve o compromisso do que fazer com o dinheiro e o prefeito não cumpriu, por isso a decepção. O prefeito fará de tudo para derrotá-los e eles sabem disso, só Rogério está livre, já que ele transferiu o domicílio para a Paraíba. Sem falar que a reeleição de alguns vereadores não interessa ao prefeito, como é o exemplo de Ranilson Enfermeiro, que deve abrir os olhos”. Pontuou.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro