14 de janeiro de 2013 às 13h52min - Por Mário Flávio

O deputado estadual Tony Gel (DEM) negou a informação que ele e a ex-deputada Miriam Lacerda (DEM), estariam de malas prontas para o PSB. A notícia foi publicada na edição do domingo do Diario de Pernambuco. Segundo o ex-prefeito de Caruaru, a decisão de sair do DEM ainda não foi tomada, mas a possibilidade de ir para o PSB é zero. “Não sei nem de onde saiu essa história, mas deve ter sido proveniente de uma conversa que tive com o governador Eduardo Campos em dezembro. Eu conversei com ele e disse que tinha um posição pessoal e que se ele fosse candidato a presidente da República votaria nele, até porque vejo nele o melhor quadro dos que se apresentam atualmente. Além disso, tenho a questão da nossa amizade e a pernambucanidade. Isso é uma coisa, outra é ir para o partido do governador, isso nunca passou pela minha cabeça, nem pela de Miriam”, pontuou.

O deputado garantiu que qualquer decisão sobre o futuro do DEM será tomada em conjunto pelos demistas que resistem no partido. “Nós temos um compromisso, eu, Miriam Lacerda, Mendonça Filho, Gustavo Krause e Augusto Coutinho de tomarmos uma decisão em conjunto e que a maioria do partido vai decidir, sou da Executiva do partido em Pernambuco. Reconheço a fragilidade do partido, temos discutido essa questão, mas nós não somos adesistas e não tomaríamos uma posição sem comentar com o partido. A jornalista que escreveu sobre isso, falou com base em uma pessoa e segundo ela, é alguém ligado ao PSB e a Eduardo e com certeza queria a gente no partido. Respeito muito o PSB e os companheiros do partido, mas nunca tratamos desse assunto com p governador e nem ele nos fez convite pra isso”, expôs.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro