19 de abril de 2012 às 02h23min - Por Mário Flávio

O Partido Progressista nunca esteve tão valorizado na política de Caruaru como é o caso desse ano. Só no dia de ontem, duas movimentações mostraram a importância da sigla para uma composição nas eleições. No âmbito local, os vereadores Lícius Cavalcanti (PCdoB) e Diogo Cantarelli (PSDB) tiveram uma longa conversa com Sivaldo Oliveira, presidente da sigla em Caruaru.

Conversei com o trio e todos me garantiram que ficou praticamente definido um acordo, para que a nova via ou nova força, ganhe mais uma legenda. Com a ida do PP já estão confirmados nessa provável coligação: PCdoB, PP, PSDB, PHS, PTC e PSL. Com essa penca de partidos, os políticos que defendem a nova via teriam um bom tempo de TV e força para a eleição proporcional. O presidente do PP, Sivaldo Oliveira, praticamente acenou o apoio ao grupo e as conversas estão bem adiantadas. Os emergentes sonham ainda com o apoio de PT e PV, mas os verdes flertam com o PPS, que já declarou apoio a Miriam Lacerda (DEM). Os petistas seguem divididos e definem os rumos nos próximos dias.

Já no âmbito federal o prefeito Zé Queiroz (PDT) não perdeu tempo. Aproveitou a ida a Brasília e teve uma longa e animada conversa com o deputado federal Eduardo da Fonte, presidente do PP em Pernambuco. O tema eleição deve ter sido abordado pelo Chefe do Executivo e os rumos do PP devem passar pelo crivo do deputado.

Mas o que o PP tem de tão importante? Primeiro o tempo no guia eleitoral. O partido conta hoje com quatro minutos, que podem ser essenciais numa eleição acirrada como a desse ano. O PP tem ainda em Sivaldo Oliveira um forte candidato a vereador. O progressista é o atual presidente do Central e apesar da péssima campanha dentro de campo, mostrou que é bom articulador, já que foi eleito com apoio de situação e oposição.

Além disso, Sivaldo exerce forte influência entre os evangélicos e é dono de uma emissora de Rádio, com a temática forte entre os religiosos e a esporte bretão. O futuro do PP ainda é incerto, mas pelo que disse o presidente local, a sigla deve fechar com os vereadores que tentam a nova via. No entanto, o posicionamento de Eduardo da Fonte ainda é uma incógnita. A conferir.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro