10 de maio de 2018 às 15h05min - Por Mário Flávio

O prefeito de Catende, Josibias Cavalcanti, retornou ao cargo nesta após decisão do Tribunal de Justiça do Estado de Pernambuco (TJPE), assinada pelo presidente desembargador Adalberto de Oliveira Melo. O pedido do TJPE reconsiderou a decisão anterior (determinada em 90 dias), autorizando o retorno imediato do prefeito ao cargo.

O documento argumenta, entre outras coisas, que o afastamento do chefe do executivo causou danos não apenas “à sua pessoa, como também ao próprio município de Catende, já que o povo de Catende entende que seus destinos devem ser comandados pelo chefe do executivo municipal e não por um governo interino”.

“Gostaria de destacar que me submeti a essas imposições, acreditando que a instituição Gaeco cumpriu com sua obrigação de pesquisar e reunir dados que possam justificar certas condições, mas eu tenho a minha consciência tranquila de que não tenho o que dever. A prova disto é que hoje sou reconduzido ao cargo depois de trinta e poucos dias de ausência”, destaca o prefeito.

“Volto com o sentimento de catendense disposto a servir à comunidade e pedindo a Deus que me oriente e me dê sabedoria, além de conhecimento em profundidade sobre os problemas que podem ser resolvidos não somente por mim, mas pela comunidade, pela associação dos interesses dos servidores e, acima de tudo, pela fé e esperança que temos em Deus, que é o gerente de todos nós”, acrescenta o prefeito Josibias Cavalcanti.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro