21 de maio de 2012 às 11h43min - Por Mário Flávio

A vitória de João da Costa foi pouco comemorada em Caruaru, já que a exceção da Democracia Socialista, na Capital do Agreste, todas as tendências estão ligadas a João Paulo, embora a CBN consiga, de forma pontual, ter influência com alguns líderes. A única tendência que participou da vitória de João da Costa foi a DS (Democracia Socialista) organizada por Adilson Lira, afastado recentemente da executiva do PT pela tendência MAIS.

A DS, apesar de pertencer ao CEU, estava com João da Costa que reuniu também apoio de outros líderes petistas de expressão como Fernando Ferro e Tereza Leitão. A Frente Popular no estado deverá sim, a partir de Recife, ter um novo cenário para discutir, com possibilidades de ser apresentado o nome de Armando Monteiro (PTB) deputados Paulo Rubem Santiago (PDT), Cadoca (PSC) e Eduardo da Fonte (PP).

Porém no caso de Caruaru eu não vejo como atingir a relação do PT com Queiroz, já prejudicada pela dissidência interna. Como a política é muito dinâmica, apenas dá fôlego novo ao grupo de Adilson Lira e Eduardo Guerra, se João da Costa permanecer se consolidando e articulando uma nova força interna, eles crescerão organicamente juntos.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro